quarta-feira, 11 de março de 2009

Sombra no Passado


Noites em claro
Dias em cinza
Corpos em minha mente
Me responda
Porque eu morri aqui?
Nada além
De vaga memória
Eu sou apenas
Um alguém que
Tu ouviste falar
Ela não é um alguém
Que eu ouvi falar
Ela tem tudo e
Nunca está só
Ela veio até mim
Virou as costas e partiu
Ela é só alguém que amo
Uma sombra no passado
Uma pedra sobre as costas
Ela é só alguem que amo
Que me despreza, que ironia!
Mesmo assim eu me engano

3 comentários:

Mara disse...

estava sentindo falta dos teus posts.
e o passado seeempre deixa suas sombras.. n tem jeito..

Víctor Hugo disse...

fodastico bob!!
escrevemos na mesma linha!
muito bom!!
parabens amiguinhum

bia disse...

Adorei viu veterano?

Muito bom mesmo!
Xeru!